Pilates no Studio Let’s Pilates

Parada de mão no barrel pilates

Pilates é a atividade física que reeduca o corpo, aumenta a consciência corporal e proporciona condicionamento físico.

Os exercícios aproveitam o peso do próprio corpo em sua execução. Movimentos suaves e contínuos enfatizam a qualidade ao invés da quantidade de repetições. Desafiante e agradável, pilates desenvolve um corpo mais flexível, forte e harmônico de modo prazeroso.

Dentre seus inúmeros benefícios, podemos destacar que,

– Previne lesões e reorganiza a postura.
– Os exercícios são adaptados à condição individual do aluno.
– A aula inicia no MAT e se desenvolve nos aparelhos.
– Um professor cuida de até 3 alunos, o que torna o atendimento realmente personalizado.

Quem pode praticar Pilates?

Pessoas com mais de 12 anos, de iniciantes a esportistas podem fazê-lo. Antes de iniciar uma atividade, cheque suas atuais condições de saúde. Pessoas saudáveis também devem consultar o médico a título de prevenção.

exercicio de pilates

Se você apresenta alguma condição especial como asma, diabetes, portadores de algum problema cardíaco, articular, ósseo, lesões musculares ou gestantes, redobre a atenção. A intensidade dos exercícios físicos, restrições de movimentação e outras informações importantes devem ser observadas pelo seu médico ao verificar se está você está apto a realizar atividades físicas. Um trabalho mais seguro e eficiente garante melhores resultados.

As aulas de Pilates tem duração de 55 minutos.

Para receber informações sobre o Pilates, basta deixar seus dados de contato ao lado (ou via formulário de contato).

Dúvidas sobre a Prática do Pilates:

1 – Quantas vezes por semana é ideal para a prática de Pilates?

Os especialistas orientam que deve ser praticado, no mínimo, 2 vezes por semana para que o corpo se condicione com os movimentos, trazendo os benefícios esperados.

A frequência recomendada depende do objetivo que se quer alcançar. Diferente da musculação, onde o corpo precisa de um descanso para responder aos estímulos, o Pilates pode ser praticado diariamente. Sempre, é claro, com a orientação de um profissional que irá determinar o melhor treinamento para cada indivíduo e situação.

2 – Praticar Pilates uma vez por semana é ruim?

Não. O ideal é praticar no mínimo duas vezes. Porém, se sua agenda não permite realizar atividades físicas mais de uma vez por semana, a melhor escolha é usufruir ao máximo deste intervalo, escolhendo uma atividade que fortalece e equilibra o corpo todo. Os resultados provavelmente demorarão um pouco mais a aparecer, mas definitivamente, é melhor praticar uma vez por semana e escolher Pilates do que continuar sedentário ou optar por outra atividade que exija um condicionamento prévio e acabar por lesionar o corpo.

3 – Pilates emagrece?

O emagrecimento não decorre exclusivamente da prática de exercícios físicos, mas de uma combinação de fatores. Além de uma alimentação com redução de calorias, a quantidade de queima calórica em atividades depende do organismo do aluno, do nível de esforço e dos tipos de exercícios trabalhados durante a aula. No entanto, o Pilates – assim como a musculação – não tem ênfase nos exercícios aeróbicos, como é o caso da corrida. Por desenvolver massa muscular magra, o programa colabora com o emagrecimento ao aumentar o seu potencial de queima calórica, diminuir a ansiedade, além de tonificar e alinhar o corpo.

Quando praticado corretamente, o Pilates promove uma respiração profunda e eficiente, o que é essencial para a queima de calorias e a regeneração de tecidos. Portanto, a prática frequente de Pilates colabora significativamente para o emagrecimento, mas não pode ser considerada a única responsável.

4 – Pilates melhora a coluna?

O método Pilates foi desenvolvido com ênfase na reorganização postural. Os exercícios alongam, aumentam a flexibilidade e realinham o corpo, melhorando a postura e eventuais dores de coluna.

Mas atenção: para casos de patologias de coluna antes de fazer qualquer exercício, deve-se buscar a orientação de um médico especialista. Se necessário o médico dará instruções ao professor, que ao iniciar seu programa de treinamento no Método Pilates, fará a análise postural a fim de entender os desvios e as limitações do aluno e assim, aplicar os exercícios mais adequados de acordo com a individualidade de cada pessoa.

Em casos de patologias, o trabalho conjunto entre o médico especialista e o professor de Pilates garantem a segurança durante a prática dos exercícios e ótimos resultados. Sem a autorização médica, o aluno não está liberado para nenhuma atividade física, inclusive o Pilates.

5 – Comecei a fazer Pilates, em quanto tempo vejo a diferença em meu corpo?

Para responder a esta pergunta é preciso avaliar a intensidade da prática, a frequência semanal das aulas e o organismo da pessoa. Levando em consideração 2 aulas por semana, com duração de 55 minutos cada, pode-se observar diferenças a partir da décima aula. Lembramos que as primeiras evoluções nem sempre são estéticas, mas abrangem principalmente o alongamento, postura corporal, consciência corporal e o controle de movimentos. Sentir-se bem deve ser a palavra de ordem.

6 – Existe diferença entre avaliação física e análise postural?

Sim. São dois sistemas com objetivos totalmente distintos.

A avaliação física tem como base referências quantitativas. Geralmente é realizada em academias, tem objetivos como: mensurar o percentual de massa magra e massa gorda, testar o grau de flexibilidade e outros.

A análise postural, realizada para praticantes de Pilates tem como objetivo compreender o estado dos alinhamentos corporais, encurtamentos e fraquezas musculares. Com ela o professor saberá quais os exercícios mais indicados, se há alguma restrição, se precisamos melhorar a mobilidade entre as vértebras, enfim tudo para você se movimentar mais e melhor. Não se realiza testes de flexibilidade pois os encurtamentos nas cadeias musculares são visíveis e a flexibilidade irá aumentar em consequência da reorganização postural, e não o contrário. Nosso foco será ensinar a alongar corretamente, mantendo os alinhamentos ósseos.

*Para agendar sua aula hoje mesmo, use o formulário de contato ao lado ou entre em contato.